Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Nenhures

Nenhures

14
Out23

A RTP-África

jpt

rtp.png

 
Quando há mais de um quarto de século fui viver para Moçambique a RTP-África emitia há pouco tempo. Durante os primeiros anos várias vezes falei - até profissionalmente - sobre o seu conteúdo. Não sobre a dimensão dos seus recursos e a forma como eram patentes no conteúdo, nem sobre a competência dos seus quadros. A questão sempre me foi a pertinência do olhar, da programação. Pois então sempre me pareceu uma RTP-I - esta vocacionada para os emigrantes (como então se chamava à agora dita "diáspora") portugueses, polvilhada com alguns núcleos "para africano ver"... Ou seja, não uma questão de falta de recursos mas sim de alguma preguiça conceptual. Os anos passaram, deixei de ver. Depois voltei a Portugal, nem atentei ao seu estado.

Anteontem houve eleições municipais em Moçambique. Não tenho acompanhado a política do país, não atentei neste processo eleitoral. Mas ontem - numa rápida incursão no FB - li notícias e opiniões que algo me surpreenderam. Os partidos da oposição - que eu julgava em crise - clamam vitória em algumas das grandes cidades do Centro e do Norte, em várias das quais já tinham o poder autárquico (Beira, Nampula, Quelimane), o que não é surpreendente - mas muito o é a notícia da detenção do presidente de Quelimane, entretanto já libertado, algo que faz temer desatinos pós-eleitorais. Tal como não será de estranhar a vitória do Frelimo no Chimoio, ao que consta ancorado na excelência do seu candidato, presidente em exercício. Mas o verdadeiramente surpreendente é que o Renamo reclama vitórias, até expressivas, no Maputo e na Matola. O que, a acontecer, seria uma tremor de terra político.

Assim sendo, a curiosidade venceu-me. Ao levantar-me vim procurar notícias. A imprensa portuguesa privada, dita de "referência" (dn, publico, expresso, observador) nada diz sobre a matéria - apesar de todos esses de quando em vez albergarem uns doutores, proto-Milhazes africanistas, a perorarem sobre a grandeza da lusofonia, as "valências" da CPLP, as relações privilegiadas, etc...

Avancei então para um café diante da televisão. Desiludo-me ao perceber que o moçambicano STV desapareceu do meu painel de canais. E vou até ao serviço estatal, a RTP-África,. Entre as 7 e as 10 horas daqui - a alvorada nos diferentes fusos horários em África, a hora em que as pessoas ouvem notícias, a rádiotelevisão - a RTP-África emite o programa "Bom Dia, Portugal". Ouço notícias sobre um documentário sobre Messi, outra sobre Emerson Fittipaldi, e uns incêndios em Portugal. Recuo a emissão e o teor é similar.

Enfim, quase 30 anos de emissões dedicadas aos... países africanos de língua oficial portuguesa. E a RTP-África continua isto, uma desadequação. Modorrenta, descalibrada. Às custas do dinheiro dos impostos, não esquecer.

Bebo o café, volto ao computador. E vou ao privado Facebook, do magnata capitalista Zuckerberg, tão menos virtuoso do que o Estado português. E avanço para as páginas de informação moçambicanas que lá estão alojadas.

E é isto a RTP-África.
 
(Fiquei grato à equipa da SAPO que deu destaque a este postal)

Bloguista

Livro Torna-Viagem

O meu livro Torna-Viagem - uma colecção de uma centena de crónicas escritas nas últimas duas décadas - é uma publicação na plataforma editorial bookmundo, sendo vendido por encomenda. Para o comprar basta aceder por via desta ligação: Torna-viagem

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contador

Em destaque no SAPO Blogs
pub